Baixo Desejo Sexual

Publicado por em jun 12, 2012 em Sem categoria | 0 comentários

Várias conjecturas já foram feitas para tentar explicar o baixo desejo sexual.

Algumas delas, na esfera social, levantam discussões sobre a superpopulação mundial, em que a forma da natureza diminuir e controlar a natalidade (número de nascimentos) seria suprimir o interesse sexual.

Conjecturas do ponto de vista orgânico procuram responsabilizar o balanço alterado de algumas substâncias cerebrais pela diminuição da motivação sexual, ou mesmo, culpar algum defeito físico ou alguma doença pelo desinteresse.

Já a perspectiva psíquica aborda traumas e inibições sofridas, muitas vezes, em tenra idade.

A questão é que hoje, na atual forma da medicina ver os transtornos e as doenças em geral, o que determina os nossos males é uma rede intrincada de fatores. Na grande maioria das vezes, estes fatores agem conjuntamente, reforçando-se mutuamente.

Dessa forma, ao se falar em Transtornos do Desejo Sexual, estamos discutindo uma série de causas diferentes, mas com uma forma de apresentação clínica que pode variar apenas entre dois quadros distintos: O Desejo Sexual Hipoativo e a Aversão Sexual.

Aversão sexual

A aversão sexual ou evitação fóbica nada mais é do que o sofrimento causado pela premente necessidade de evitação de oportunidades e de encontros sexuais com parceiros, devido a sensações de desagrado, de medo, de “nojo”, de repulsa e de perigo iminente.

Por vezes, a razão da repulsa são as secreções genitais; em outros casos, o simples pensar em sexo, o toque ou o beijo já é evitado com angústia. Também podem aparecer sinais de pânico, como náuseas, suor excessivo e falta de ar quando a pessoa tenta enfrentar esse medo, aproximando-se de seu parceiro.

Desejo sexual hipoativo

O desejo sexual hipoativo é a diminuição ou ausência total de fantasias e de desejo de ter atividade sexual. Simplesmente, a pessoa sente que tanto faz ter sexo ou não, pois não faz falta para si. Há um grande sofrimento por sentir essa desmotivação e pelos problemas que causa a um casal.

O que causa o baixo desejo sexual

Sempre devemos observar se há alguma causa orgânica determinando a baixa do desejo ou a aversão, como, por exemplo, os desequilíbrios hormonais, os nódulos, infecções nos genitais ou o uso de algumas medicações que têm, como efeito colateral, a diminuição do apetite sexual.

Algumas doenças psiquiátricas, como a depressão, podem também suprimir a motivação por sexo.

As causas psicológicas mais profundas são: 

  • Situações traumáticas de abuso sexual
  • Mensagens anti-sexuais durante a infância
  • Comportamento sedutor por parte dos pais
  • Dificuldade em unir amor com sexo na mesma pessoa (esposa X prostituta)
  • Culpas
  • Raivas entre o casal
  • Competição temida com o pai ou mãe, entre outros.

Existe cura para os transtornos do desejo sexual?

Os problemas de desejo são bastante desgastantes, pois acabam afetando toda a motivação de vida de uma pessoa e também de seu cônjuge ou parceiro.

Entretanto, existe tratamento.

É recomendável procurar um psiquiatra especializado em sexualidade humana para fazer uma avaliação. Em primeiro lugar, será necessário examinar se seu problema não é orgânico.

Depois, uma revisão será feita para ver se existe alguma medicação que possa ser usada para aliviar os sintomas, visto que, em alguns casos de aversão, por exemplo, certas medicações podem ajudar muito.

Geralmente, alguma forma de psicoterapia é indicada. Pode ser:

  • Cognitivo-Comportamental (tarefas)
  • Nova Terapia Sexual (combina tarefas com terapia focal)
  • Psicoterapia de Orientação Analítica (mais utilizada para elaboração de traumas mais profundos).

A terapia pode ser tanto individual quanto de casal.

Você tem dúvidas sobre este assunto? Fale com médicos especialistas!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>